A VITÓRIA DE TRUMP, A DERROTA DOS CRETINOS







Enquanto atores hollywoodianos de QI mais baixo que o salário do professor Raimundo, vociferavam os mais estapafúrdios impropérios contra Trump, o Presidente dos Estados Unidos concretizava um histórico e formidável acordo de paz com o ditador norte-coreano Kim Jong-un.

Onde estão os jornalistas da mídia mainstream que, pouco depois de declarada a vitória de Trump em 2016, gritavam em uníssono que ele era um louco, um desequilibrado, de temperamento impulsivo, que faria uma política externa desastrosa? Onde estão os “especialistas” em política americana que até ontem se diziam preocupados com a dita-cuja “III Guerra Mundial” que Trump poderia desencadear?

Em 1960, o renomado escritor, teatrólogo e jornalista Nelson Rodrigues (1912-1980), escreveu um artigo intitulado “A derrota dos cretinos”, em que atacava e ironizava todos aqueles que apostavam que a cidade de Brasília não ficaria pronta no prazo estipulado e que não vingaria como capital do Brasil. Foram derrotados. E os novos cretinos da grande imprensa, idem. Onde estão eles?

Estão agora todos em silêncio, emudecidos, contemplado com raiva e despeito, mais essa vitória arrasadora do grande Presidente. E nós, que sempre torcemos e acreditamos em Trump, que nunca demos ouvidos às vozes dos seus detratores, que admiramos os Estados Unidos da América, a “land of the free” como diz o hino americano, nos rejubilamos por esse momento histórico.

Se depois de ter conseguido instaurar a paz na península coreana, Trump não ganhar o Nobel da Paz, fechem a Academia Sueca!

God bless Trump.














About Kaio Fernando 4 Articles
20 anos,Católico, conservador e Colunista do Mandacaru News

1 Comentário

Leave a Reply

Seu e-mail não será publicado.


*